fbpx

Aprovada a criação do Polo do Autismo em Curitiba

O projeto de lei para criação do Polo de Atendimento a Pessoa Autista foi aprovado na Câmara Municipal de Curitiba. A região da Rua Padre Anchieta conta com cerca de 16 estabelecimentos, entre clínicas, consultórios, institutos e centros de terapia voltados ao atendimento terapêutico de pessoas no espectro do autismo. Com a aprovação da lei os estabelecimentos passam a integrar o Polo de Atendimento a Pessoa Autista.

O objetivo da iniciativa, de autoria de Pier Petruzziello, é chamar atenção para a região, reforçando o protagonismo da cidade de Curitiba no tratamento e diagnóstico do autismo.

A lei 14.771/2015, que dispõe sobre o Plano Diretor da Cidade de Curitiba, expressamente prevê o incentivo a criação de polos de referência que resultem na aglomeração de entes que compõem um ecossistema de prestação de um determinado serviço.

Ou seja, essa iniciativa contribui para a promoção da causa, para o desenvolvimento de ações de mobilização, para otimizar a qualidade dos serviços e fomentar a cultura do associativismo. Também incentiva a chegada de novas instituições voltadas à tratamento e pesquisa.

“Acredito que a formalização do polo ajude na mobilização, na conscientização e na consolidação de Curitiba e de seus profissionais e instituições como referência no tratamento e diagnóstico do autismo. ”, diz Pier.

Importante ressaltar que o polo engloba clínicas privadas e que Curitiba conta com o Ambulatório Encantar, referência no atendimento público ao autismo, e com o diagnóstico precoce nas 111 unidades básicas de saúde.

Mais informações: https://www.cmc.pr.gov.br/wspl/sistema/ProposicaoDetalhesForm.do?select_action=&pro_id=441382

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos videos no youtube
Não foi fornecido um URL válido.
Destaques
Instagram